Blog Foliculite

Descubra algumas curiosidades sobre a história da barba

publicado em 27/01/2017

Desde o Egito Antigo, a barba é bem vista pela sociedade, com variadas formas e simbologias, você sempre terá um bom propósito para utilizá-la. A ideia de ter pelos no rosto não vem de hoje. Vista como sinônimo de virilidade, força, sabedoria ou por pura vaidade, a barba está presente há muito tempo na sociedade, e atualmente é um complemento importante para os homens que seguem os padrões de beleza. Listamos aqui alguns pontos da história e da atualidade que provam que ter uma barba bonita é sinal de personalidade e estilo. Veja:
– Há trinta mil anos não existiam muitos métodos para se barbear, fatos históricos comprovam que os homens primórdios se barbeavam com lascas de pedras afiadas. Você encararia?

– Na Grécia antiga ter uma barba longa e bem cuidada era sinal de força e sabedoria, os espartanos chegavam a raspar a barba daqueles que julgavam covardes.

– O pirata mais famoso do Caribe, o Barba Negra, atribuiu esse nome pela barba longa e claro, negra que esbanjava. Dentre os piratas, ter pelos compridos adquiria sinônimo de força e respeito.

– O rei britânico Henrique VIII no ano de 1535, criou um imposto sobre a barba que variava de acordo a posição econômica do indivíduo. Todos os donos de barba que as deixavam crescer mais de uma semana de crescimento precisavam pagar uma taxa à coroa.

– Nos Estados Unidos existe o Instituto Americano de Bigodes. Acreditam?! Dá uma olhadinha lá

– Os guitarristas Billy Gibbons e Dusty Hill, do ZZ Top, ambos donos de barbas de dar inveja, receberam uma oferta de 1 milhão de dólares cada para rasparem as barbas na década de 70, mas não cederam.

– Uma pesquisa feita na Inglaterra registrou que 54% das mulheres preferem homens barbados.

Quer ficar por dentro de todas as nossas notícias?

Assine nossa Newsletter !

 

Acesse nossa Loja Virtualclique aqui para ver todos os produtos
Cadastre-se e receba novidades.
COMPARTILHE:
WhatsApp chat