Os ricos da automedicação - Foliculite pode ser um efeito colateral - Tend Skin® Brasil

Blog Foliculite

Os ricos da automedicação – Foliculite pode ser um efeito colateral

publicado em 28/12/2018

Quem nunca teve aquela dor de cabeça no meio da noite ou aquela dorzinha de barriga no meio do trabalho e resolveu tomar algum remédio para alívio sem pensar duas vezes? É, aqui no Brasil a automedicação é um ato muito comum, porém os riscos são altos!

Em pesquisa realizada pelo ICTQ (Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para Farmacêuticos), foi constatado que 76,4% da população brasileira utiliza remédios com base na indicação de vizinhos, colegas, amigos e familiares. Em muitas destas situações, os usuários determinam a dose sem nenhum critério. E segundo a  Organização Mundial da Saúde mais de 50% das vendas de medicamentos receitados são realizadas de forma inadequada facilitando ainda mais a automedicação.

Remédios e seus efeitos colaterais

O que muitos não imaginam é que alguns medicamentos que considerados básicos e comuns se tomados sem prescrição médica adequada podem causar efeitos colaterais terríveis para o nosso organismo.

-Dorflex: É o remédio mais consumido no Brasil, ele rende R$470,7 milhões ao ano às farmácias de todo o país. O medicamento que é utilizado como relaxante muscular. Pode ter efeitos colaterais como redução ou aumento do ritmo cardíaco, palpitações, sede, diminuição da sudorese, retenção urinária, visão borrada, dilatação da pupila, fraqueza, náusea, vômitos e dor de cabeça.

-Paracetamol: O remédio é usado para diminuir a dor e atua na regulação da temperatura do corpo, baixando a febre. Quando o paracetamol chega no fígado e é metabolizado, uma pequena parte se transforma em uma substância tóxica, a NAPQI, essa toxina causa danos no fígado e pode ser extremamente nociva para nosso organismo. Os efeitos colaterais incluem alterações do humor, anemia hemolítica, cansaço, coceira na pele, cólica abdominal, confusão mental, diarreia, dificuldade ou dor ao urinar, febre e fraqueza.

-Dipirona: O remédio que é usado para diminuir dor e febre e também é bem comum no Brasil pode causar choque anafilático e reações anafiláticas que podem se tornar graves com risco à vida e, em alguns casos, serem fatais.

Foliculite pode ser um efeito colateral

O uso irresponsável desse e de outros remédios podem causar também efeitos colaterais e alergias na pele. A foliculite, por exemplo, também pode ser um sinal de algo não está certo e que seu organismo está sobrecarregado de substâncias químicas diversas. Fique sempre atento aos sinais do seu corpo! Sempre consulte um médico ou algum especialista antes de sair tomando qualquer medicamento por aí, isso pode salvar a sua vida.

Nosso produto é indicado por dermatologistas e tem efeitos comprovados.

Acesse www.TendSkinBrasil.com.br  e saiba mais.

Acesse nossa Loja Virtualclique aqui para ver todos os produtos
Cadastre-se e receba novidades.
COMPARTILHE:
WhatsApp chat