Blog Foliculite

Foliculite no rosto: você sabe como tratar?

publicado em 17/01/2022

Chamamos de foliculite uma inflamação que costuma surgir em várias partes do corpo onde nascem pelos (pernas, costas, virilha, nádegas e couro cabeludo). Mas a foliculite no rosto também é muito comum, principalmente entre os homens.

 

Ela costuma incomodar bastante, pois além de afetar a aparência, as bolinhas vermelhas costumam coçar e arder, encravando o pelo e provocando inflamação.

 

A foliculite no rosto acomete a região da barba e pescoço, mas o problema pode ser tratado e até evitado com alguns cuidados básicos. 

 

Quer saber como tratar o problema? Veja abaixo o melhor tratamento!

Foliculite no rosto, o que é?

A foliculite é a inflamação de um ou mais folículos pilosos que ocorre quando a base dessas estruturas é invadida por células inflamatórias, gerando uma lesão vermelha com um pontinho de pus na superfície, muito semelhante a uma espinha

 

O folículo piloso é a estrutura onde são produzidos e crescem os pelos, localizada na hipoderme (camada profunda da pele).

 

Em geral, é uma inflamação superficial, sendo que os casos mais leves podem ser tratados facilmente com cuidados básicos de higiene. 

 

Já os mais graves podem até provocar a perda definitiva dos pelos e deixar cicatrizes permanentes no rosto.

 

A foliculite no rosto costuma acometer mais os homens, principalmente quem tem o costume de se barbear com frequência. Mas também pode ocorrer após uma depilação feminina na face.

Como saber a diferença entre foliculite ou acne?

Na foliculite, a inflamação dos pelos pode ser confundida com a acne, por conta das lesões terem a aparência de pequenas espinhas na pele, com pontas brancas de pus. 

 

No entanto, a acne é uma doença multifatorial que acomete as glândulas sebáceas, quando ocorre uma ruptura desse folículo e há uma obstrução dos poros e infecção por bactérias. 

 

A acne costuma afetar principalmente a região do colo, dos ombros e da face, onde se encontram muitos folículos sebáceos.

 

Já a foliculite não tem nada a ver com oleosidade. Ela surge nos pelos terminais (folículos pilosos), que são mais grossos, como os pelos da barba, da região pubiana e das pernas.

 

Apesar de ser mais comum a sua forma superficial, a foliculite no rosto pode provocar sintomas de pele irritada, como coceira, vermelhidão, ardência, dor e muita sensibilidade na região. 

 

É importante lembrar, que como a acne, as lesões quando espremidas podem deixar manchas e até cicatrizes na região, ou agravar ainda mais a inflamação.

Causas da foliculite no rosto

A foliculite no rosto costuma surgir após a depilação com cera ou lâmina (barbear), principalmente se a ação for feita de forma inadequada.

 

Como por exemplo, na direção contrária do crescimento dos pelos, causando lesões na pele e, consequentemente, a inflamação do folículo piloso por encravamento ou trauma. 

 

No caso da foliculite no rosto, a complicação leva o nome de pseudofoliculite, que pode também ser causada por infecção bacteriana, visto que as lesões deixam a pele mais suscetível ao ataque desses microorganismos.

 

Ela também pode se agravar por conta do suor excessivo, condições inflamatórias da pele (dermatite e acne) e outras lesões como escoriações ou feridas cirúrgicas.

 

A principal causa da foliculite no rosto é pela ação bacteriana, por bactérias como a Staphilococcus aureus (estafilococos), ou vírus e fungos.

 

Em geral, a foliculite no rosto é superficial, acometendo apenas a parte superior do folículo piloso.

 

Nesse caso, a pele ao redor da região acometida fica avermelhada e sensível, podendo provocar o aparecimento de pequenas pústulas com pus amarelado, podendo conter o pelo encravado no centro da lesão.

 

Já na sua forma profunda, a inflamação se estende por todo o folículo piloso, alcançando a raiz, fazendo com que toda a área fique avermelhada com o centro do nódulo endurecido com pus. 

 

Os sintomas incluem coceira, dor, inchaço e tumefação, podendo destruir o folículo piloso e deixar cicatrizes.

Tipos de foliculite no rosto

Os tipos mais comuns de foliculite no rosto são, a seguir:

 

  • Pseudofoliculite da barba: inflamação causada pelo encravamento dos pelos, na região da barba e pescoço.

 

  • Foliculite no rosto ou sicose da barba: essa inflamação é causada pela bactéria Staphylococcus aureus, podendo acometer não só a região da barba, mas também toda a face, lábio superior, queixo e mandíbula.

Tratamento caseiro para foliculite no rosto

Para evitar a inflamação no rosto, o ideal seria diminuir a frequência de barbear. É possível optar por métodos de depilação definitiva ou progressivos, como a depilação a laser, que afina os pelos ou interrompe o seu crescimento.  

 

Manter a pele sempre hidratada também é fundamental para fortalecer a barreira cutânea contra a ação dos microrganismos.

 

Escolha um hidratante facial com propriedades calmantes que evitam ou minimizam os sintomas de irritação.  

 

A esfoliação também é outro hábito que pode ajudar bastante quando incluída na rotina de cuidados diários com a pele. Ela ajuda na renovação celular, ativando a circulação e eliminando as células mortas acumuladas na superfície da derme. 

 

Isso acaba prevenindo a inflamação dos folículos e ajudando na cura da região inflamada. 

 

Além disso, mantenha a pele sempre limpa e seca, para diminuir as chances de infecção por bactérias e fungos.

 

No mais, siga as seguintes instruções:

 

  • Lave o rosto com água morna ou fria e sabonete antisséptico específico para o seu tipo de pele;
  • Ao se barbear ou depilar, faça da forma correta, sempre no sentido do crescimento do pelo;
  • Utilize pomadas ou cremes para facilitar o deslizar da lâmina;
  • Faça uso de água termal para acalmar a pele nos casos de irritação e vermelhidão.

Sabonete ou pomada para foliculite no rosto

O tratamento da foliculite no rosto vai depender da sua causa.

 

Na maior parte dos casos, compressas quentes e a higiene do local já são suficientes para aliviar a inflamação.

 

Em geral, os casos de foliculite no rosto requerem tratamento com o uso de sabonetes para foliculite antissépticos em conjunto com pomadas para foliculite que contenham antibióticos e/ou antifúngicos em sua composição. 

 

Há quem utilize tratamento com ácidos leves para esfoliar e ajudar no clareamento das manchas após a inflamação, como os ácidos lático, mandélico e glicólico.

 

A maioria dos casos de foliculite no rosto superficial se cura sozinha, após alguns dias. Já em casos mais graves e recorrentes necessitam de consulta com dermatologista, para uma avaliação completa e indicação de tratamento específico.

Melhor remédio para foliculite no rosto

A loção americana da Tend Skin, por exemplo, é uma referência no mundo todo em relação ao tratamento de todos os tipos de foliculites, principalmente a foliculite no rosto.

 

Ela costuma ser indicada por inúmeros especialistas da área em várias partes do mundo, por ser capaz de mostrar excelentes resultados de eficácia com até 7 dias de tratamento. 

 

A marca Tend Skin atua no mercado há mais de 30 anos, sempre de maneira específica e preventiva contra todos os tipos de foliculite e suas complicações, como o clareamento de manchas na pele. 

 

Essa loção é utilizada para diminuir as lesões, aliviar a irritação causada por depilação com cera ou eletrólise, bem como ajudar na recuperação da pele após depilação a laser ou barbear.

 

Ela pode ser aplicada em todas as áreas do corpo afetadas pela foliculite, incluindo a face.

 

Portanto, a loção para foliculite da Tend Skin é tudo o que você precisa em um só produto!

 

Acesse nossa Loja Virtualclique aqui para ver todos os produtos
Cadastre-se e receba novidades.
Endereço de email inválido, favor corrigir.
Endereço de email já cadastrado.
The security code entered was incorrect
Agradecemos sua inscrição!
COMPARTILHE: