Blog Foliculite

Foliculite na virilha: entenda o que é (fotos) e como tratar

publicado em 19/12/2021

Já ouviu falar em foliculite na virilha? Chamamos de foliculite uma inflamação cutânea nos folículos pilosos (raiz dos pelos), geralmente causada pelo encravamento de pelos ou infecção por bactérias ou fungos.

 

Essa doença de pele pode surgir em vários lugares diferentes do corpo, principalmente em áreas pilosas e de maior atrito, como a virilha. 

 

Ela costuma provocar vermelhidão com pequenas bolhas de pus, similares à acne, que costumam queimar e coçar bastante, podendo até formar manchas escuras na região, por conta do estímulo na produção de melanina pela irritação e cicatrizes, quando profundas.

 

Mas calma, há tratamento para a foliculite na virilha, que requer a adoção de uma rotina de cuidados específicos, a fim de evitar piora do quadro inflamatório e prevenir o seu ressurgimento. 

 

Continue lendo abaixo para entender o que é a foliculite na virilha e como tratá-la da forma mais adequada!

Afinal, o que é foliculite na virilha?

Foliculite é uma infecção na pele iniciada nos folículos pilosos (raiz dos pelos), normalmente desencadeada por uma infecção bacteriana ou fúngica, ou até por vírus e, mais comumente, apenas pela simples inflamação de pelos encravados. 

 

A infecção se manifesta de forma semelhante a pequenas espinhas, com pontas brancas, em torno de um ou mais folículos pilosos. 

 

Em geral, a maioria dos casos de foliculite é superficial, como no caso da foliculite na virilha. Mesmo assim, ela pode provocar coceira e dor. 

 

Normalmente, a inflamação pode se curar sozinha e desaparecer com o tempo, mas há casos mais graves e recorrentes que devem ser tratados por um dermatologista, para evitar agravar levando a perda permanente do pelo ou deixar cicatrizes.

fotos de foliculite na virilha

foliculite na virilha

Tipos de foliculite: classificação

A foliculite pode ser classificada segundo o grau de extensão da inflamação, podendo ser superficial ou profunda.  

Foliculites superficiais se instalam na parte superior do folículo piloso, deixando a pele ao redor avermelhada e sensível com pequenas pústulas (de até 1 cm de diâmetro) parecidas com espinhas, que coçam bastante.

Já a foliculite profunda é uma infecção mais grave, que se estende por todo o folículo piloso, alcançando a raiz e provocando lesões mais extensas na área acometida, deixando-a avermelhada com nódulos endurecidos cheios de pus. 

Os sintomas mais comuns são coceira, dor, edema (inchaço) e tumefação local, que podem destruir o folículo piloso e deixar cicatrizes.

No caso da foliculite na virilha, por exemplo, ela costuma ser superficial, apresentando-se das seguintes formas:

Foliculite na virilha estafilocócica: 

Esse é o tipo mais comum da doença, causada por bactérias gram-positivas (Staphylococcus aureus), que embora já existam na pele, podem entrar através de corte ou ferimento, como da lâmina de barbear, por exemplo.

Foliculite na virilha por pseudomonas: 

Também conhecida por foliculite da banheira quente, ela é causada por bactérias Pseudomonas aeruginosa que proliferam em ambientes úmidos em que os níveis de cloro e pH estão desequilibrados, como das banheiras de hidromassagem e piscinas aquecidas.

Pseudofoliculite: 

Apesar do nome, a inflamação dos folículos pilosos pode também ocorrer em áreas de pelos raspados, como virilha e axilas, durante a depilação com cera na área do biquíni ou por raspar com lâmina de barbear, por conta de pelos encravados.

Sintomas e causas de foliculite na virilha

Como dissemos, a foliculite na virilha costuma ser superficial, afetando apenas a parte superior do folículo piloso, sendo raros os casos de maiores complicações. 

Os principais sintomas são pequenas espinhas vermelhas, com ou sem pus; pele avermelhada e inflamada; coceira e sensibilidade na região.

Qualquer pessoa pode desenvolver foliculite, mas alguns fatores podem ser mais suscetível à condição, como quem possui doenças de baixa imunidade (diabetes), leucemia crônica e AIDS; pessoas propícias à acne ou dermatite; quem usa medicamentos (cremes corticóide ou antibióticos de longo prazo); obesidade, etc.

Já as causas mais comuns para a foliculite na virilha são: 

  • Fricção da lâmina de barbear, depilação com cera quente ou roupas apertadas; 
  • Calor, suor, umidade pela falta de respiração na pele;
  • Usar calcinhas, calças e shorts apertados;
  • Condições de pele, como dermatites e acne; 
  • Lesões na pele por cortes, arranhões ou feridas cirúrgicas; 
  • Aumento da queratinização n