Blog Foliculite

Foliculite após a depilação

publicado em 16/01/2020

A foliculite e a lâmina não são tão amigas assim, pois a combinação pode resultar em danos prejudiciais à saúde da sua pele. Estamos no verão, época em que as pessoas querem estar “lisinhas” para não ocorrer a situação frustrante de querer usar determinada roupa e não poder por a depilação não estar em dia, né? 

Grande parte dos indivíduos não sabe qual o método mais seguro de retirada de pelos, contudo, nesse texto, a equipe Tend Skin irá falar sobre foliculite, a qual está relacionada com a depilação, seja com lâmina ou com cera. Fique de olho!  

A depilação com cera é o método mais comum entre as mulheres devido à praticidade para se livrar dos pelos indesejados. Todavia, com o passar do tempo, ela vem se tornando obsoleta na estética corporal, abrindo espaços para procedimentos mais sofisticados. A cera pode aumentar a quantidade de pelos encravados, sabia? Quando nascem, eles encontram o tecido ressecado e áspero, o que faz com que o problema ocorra com frequência na pele. Além disso, essa técnica também aumenta a desidratação da pele, visto que a substância precisa ser aplicada sobre a epiderme quente. Dessa forma, os tecidos acabam perdendo água rapidamente.  

Outro ponto negativo da depilação com cera é o aumento de infecções, principalmente na região íntima. A pele, após o procedimento, fica mais sensível para que agentes externos possam penetrar nessa região, o que gera infecções e preocupações. Ademais, há também o risco de queimaduras de até 2° e 3° graus, pois a cera é uma substância bastante quente que entra em contato direto com a pele.

É muito comum pessoas apresentarem quadros de foliculite após uma depilação acentuada com cera. Isso acontece porque os folículos são estruturas onde nascem os pelos, ou seja, os fios tornam-se cada vez mais finos e passam a não terem força suficiente para atravessar a pele e passar pela superfície externa, segundo afirma a médica especialista Tatiana Nogueira Matos – Sociedade Brasileira de Dermatologista (SBD).  

A lâmina é uma técnica que pode potencializar ainda mais a foliculite, uma vez que a pele sofre “agressões”. Desse modo, a entrada de bactérias no folículo é liberada, aumentando o risco de outros problemas. Além disso, pele irritada, coceiras, bolinhas vermelhas, manchas e pelos encravados são uma das consequências do uso da lâmina. Não bastando, os pelos também voltam a crescer mais rapidamente. A equipe Tend Skin recomenda evitar ao máximo o uso da lâmina ou de cera. 

Você adquiriu foliculite após a depilação? Nós temos a solução para você! Conheça a linha de produtos Tend Skin para solucionar o seu problema em até 7 dias de uso contínuo, com soluções que são indicadas por dermatologistas e esteticistas em todo mundo.  

Acesse o nosso site: www.tendskinbrasil.com.br/loja 

WhatsApp: (31) 99534-2235 

Telefone de atendimento: 0800-606-7052 

Saiba onde está o revendedor mais próximo de você: www.tendskinbrasil.com.br/revendedores    

Email: [email protected]  – resposta em até 1 dia útil.  

Facebook Messenger: Tend Skin Brasil – www.facebook.com/TendSkinBrasil/ 

Conte conosco para acabar com a sua foliculite ou pelos encravados. Comprove!  

Acesse nossa Loja Virtualclique aqui para ver todos os produtos
Cadastre-se e receba novidades.
COMPARTILHE:
WhatsApp chat