Blog Foliculite

Entenda como funciona a higiene íntima

publicado em 28/12/2019

A higiene íntima, seja do homem ou mulher, sempre será um tabu. Porque quando se menciona pênis e vagina, ambas palavras causam um impacto, por serem assuntos não discutidos facilmente. Neste texto, focaremos sobretudo na higiene intima feminina e suas diversas maneiras corretas de prevenção as doenças infecciosas. 

Muitos não sabem, mas a vagina possui um pH próprio e ácido, isso se dá como mecanismo de defesa da região íntima, ideal para combater infecções, irritações e odores ruins nessa área. As doenças genitais mais comuns provenientes da falta de higiene são a tricomoníase, causada por trichomonas vaginalis; a gardnerella, ocasionada pela superpopulação de bactérias e a mais conhecida, a candidíase provocada pelo fungo cândida albicans. 

Como fazer a higiene íntima? A Tend Skin separou algumas informações importantes a respeito do tema. Confira:

Quando falamos em higiene íntima, não queremos dizer que a higiene necessariamente precisa ser interna. Contudo, o cuidado deve se concentrar na região da vulva, sem ser direcionada para a vagina, afirma o médico Drauzio Varella. O ideal é realizar esse procedimento de limpeza três vezes ao dia, dando preferência a sabonetes específicos usando somente os dedos – favorecendo maior autonomia para lavar o clitóris e a vulva, com movimentos circulares e leves. Logo após, com os dedos na horizontal a higiene precisa ser feita da vagina para o ânus, explica Drauzio Varella. 

A escolha do sabonete íntimo é primordial para as mulheres. Selecione as opções que são feitas exclusivas para higiene intima feminina. Tais produtos têm em sua composição Ph necessário (na média de 5 ou 6) para manter essa região equilibrada e assim, evitar a proliferação de fungos e bactérias. Ademais, o sabonete líquido é ideal, pois os de barra são alcalinos e facilitam a contaminação de maneira mais rápida. 

Para as mulheres que têm a rotina bastante corrida, a limpeza pode ser realizada com lenços umedecidos para retirar as sujeiras orgânicas que ficam em torno da vulva. Dê preferência a lenços sem perfume, a fragrância pode irritar a pele feminina. Evite ao máximo utilizar papel higiênico, eles não são apropriados e podem machucar essa região. Como também, absorventes perfumados não é indicado porque causam alergia. 

Da mesma forma, o aconselhado é não usar duchas vaginais uma vez que alteram o pH e a flora vaginal. Todavia, a ducha pode ser receitada pelo médico em casos específicos. Além disso, depois do contato íntimo é importante que se faça uma boa higiene para impedir infecções ou doenças. 

A roupa íntima também conta na influência da higiene. O sugerido são peças de algodão, a exemplo as calcinhas, que devem ser trocadas diariamente para prevenir o surgimento de doenças, como a candidíase. 

Esperamos que o texto tenha sido proveitoso para você. Lembra-se: para foliculite e pelos encravados, somos referência no melhor tratamento com resultados em poucos dias. Conte com a ajuda Tend Skin! 

Acesse: www.tendskinbrasil.com.br/loja/ e comprove! 

Encontre um revendedor espalhado pelo país: www.tendskinbrasil.com.br/revendedores/

WhatsApp: (31) 99988-5787

Telefone: 0800-606-7052

Fique longe da foliculite e pelos encravados! 

Acesse nossa Loja Virtualclique aqui para ver todos os produtos
Cadastre-se e receba novidades.
COMPARTILHE:
WhatsApp chat